27.3.08

Manyoshu - Introdução


Durante a era de Nara奈良時代 (710 a 794) surgem os primeiros registos da poesia japonesa inicialmente com o “Nihongi” ou “Nihonshoki” (日本書紀) que conta a origem lendária do Japão. Este livro foi redigido no idioma importado pelos nobres, o chinês e trata-se de um texto essencialmente elaborado segundo os preceitos da corte, no qual se misturam mitos ancestrais com veracidade histórica.


Depois disto a literatura japonesa foi ampliada com um grande livro de poesia,
“Manyoshu” 万葉集 (Colectânea de Dez Mil Folhas). Esta antologia reúne, em vinte tomos, 4496 fragmentos de poemas.

O Manyoshu possuía poemas de todas as classes, desde o imperador até ao homem do povo. Ou seja, possuía grande abrangência/variedade social.
Provém de uma época fortemente influenciada pela cultura chinesa e os próprios compiladores do livro tinham uma formação em literatura chinesa.
Foi também utilizado como instrumento de ligação nacional já que o espírito nacionalista se revela necessário para criar o conceito de “nação” e uniformidade cultural.

Nesta altura utilizavam-se os kanjis com funcionalidade fonética. A este tipo de Kana chamava-se Mayoga.
O hiragana só se desenvolve a partir do séc. X.


Tipos de poemas do Manyoshu por número de versos:

片歌Katauta – 5-7-7
Shoka – 5-7 (geralmente acaba com 7-7)
短歌Tanka – 5-7-5-7-7
仏足石歌Bussokusekika – 5-7-5 7-7-7

Tipos de poemas do Manyoshu por tema:

相聞歌
Soomonka – Canções de amor
Genka – poema da lamentação da morte – elegia
Zooka - outros
-------------------------------------------------------------------
Bibliografia
CARTER, Steven (tradutor), Traditional Japanese Poetry: An Anthology, Stanford University Press (April 1, 1993)
UDA (compilador), The Kokin Wakashū (古今和歌集, Kokin Wakashū?) (r. 887–897)
YAKAMOSHI NO, Ōtomo (compilador), Manyōshū (万葉集, man'yōshū), (759)
---------------
Sara F. Costa

1 comment:

reinodalira said...

Muito bom!...Parabéns!!! Como é bom termos acesso a culturas tão ricas como essa e tantas pelo mundo afora!... Sorte para esse maravilhoso povo e sucesso com o blog!... Mais uma vez parabéns!